menu +

Histórico


AAgroindustrial Extrema iniciou suas atividades em 1997 com a instalação na Fazenda Extrema das primeiras pesquisas com cana-de-açúcar, sendo o primeiro plantio desta cultura realizado nos anos de 1998 e 1999. Somente em 2004 após a consolidação das pesquisas varietais de materiais genéticos oriundos de Minas-Gerais e Mato-Grosso do Sul compreendeu-se a instalação do parque Fabril, sendo seu principal produto lançado no ano de 2006: a Cachaça Extrema.

Inserida no município de Pureza/RN, distante 50 Km de Natal à norte, o Engenho (fábrica) tem capacidade para 120.000 litros/ano, com capacidade de armazenamento ou envelhecimento total de 88.000 L. Já em 2008 a Extrema obteve a premiação da renomada Confederação Nacional da Indústria (CNI) no quesito Sustetabilidade. Também no mesmo ano recebeu o prêmio em Gestão de melhor Agronegócio do Rio Grande do Norte. Pioneira em lançamento de inovação em seus produtos, em 2010 lançou a Primeira Cachaça Orgânica do Estado do Rio Grande do Norte, certificada pelo respeitado IBD Certificações. Como resultante da ótima aderência de seus produtos ao mercado interno e externo, em 2011 houve a ampliação de sua área produtiva e parque Fabril, aumentando em mais de 50% sua capacidade de produção de matéria-prima e confecção de produto final.

Ainda em 2011, consagrou-se campeã Nacional na categoria Agronegócio do Prêmio MPE em Gestão da Qualidade, promovido principalmente pelo SEBRAE, MBC (Movimento Brasil Competitivo) e Grupo GERDAU. Além disso foi nesse mesmo ano premiada como Destaque em Responsabilidade Social devido ao seu audacioso projeto ambiental/social: a partir da realização do saneamento básico que a Fazenda Extrema realizou em parte de um bairro da cidade de Pureza (mostrando o exemplo numa cidade que até então era 0% saneada), o esgoto coletado é tratado e a partir disso entra numa sistemática hidropônica que resulta em leite. É isso mesmo, leite de vaca. E todo o leite produzido vai para o projeto social da Empresa que consiste na doação para 25 crianças todos os dias, 7 dias por semana. Crianças cadastradas de 1 a 4 anos, integrantes de família com renda de no máximo 1 salário mínimo.

O leite é enviado em embalagem de vidro controlada pela Agroindustrial Extrema, rotuladas com o nome do Projeto social "Transformação Extrema" e chama-se Extremilk! Além disso conta-se com um complexo de recepção e treinamento, contendo auditório de 60 lugares, loja de fábrica com a Cachaça Extrema e produtos regionais e local para receptivo de turistas e visitantes.

A Fazenda Extrema acredita que uma Empresa deverá ser sempre apoiada em 3 projetos sólidos: produtivo, ambiental e social. Sendo assim ela cumprirá com sua missão de desenvolvimento local.